Anúncio

Quarta-feira, 24 de Março de 2010
Seringa usada na morte de Michael Jackson pode ir a leilão

A seringa usada para a administração dos fármacos que provocaram a morte de Michael Jackson pode vir a aparecer a leilão com uma base de licitação na ordem dos cinco milhões de dólares (3,6 milhões de euros).

Segundo informa a Imprensa britânica, o instrumento médico que continha a dose fatal está na posse de um indivíduo que alegadamente a ofereceu a algumas leiloeiras em Las Vegas, no Nevada, com vista a ser vendida no próximo dia 25 de Junho, o primeiro aniversário da morte do ‘rei da Pop'.

Não se sabe em que circunstâncias a seringa foi parar às mãos do vendedor, cuja identidade permanece desconhecida, embora a Imprensa dê conta de que a mesma não chegou a ser apreendida pelas autoridades que conduziram a investigação sobre a morte do cantor por supostamente não ter sido considerada relevante para os trabalhos.

A família Jackson terá já entrado em contacto com representantes do vendedor da seringa para impedir o negócio, mas ao que tudo indica o leilão pode mesmo realizar-se, tanto mais que estão a ser ultimadas as condições legais para que o instrumento possa ser aceite por uma leiloeira.

Ainda de acordo com informações da Imprensa britânica, caso as empresas de leilões de Las Vegas se recusem a proceder à venda, o indivíduo estará a equacionar avançar com o negócio fora do território norte-americano, em países como o Brasil ou mesmo a Líbia.

 

 

 



publicado por Princezinha às 23:39
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 15 de Setembro de 2009
Patrick Swayze morre aos 57 anos

O actor norte-americano Patrick Swayze morreu ontem, aos 57 anos, no seu rancho na Califórnia, após uma dura batalha com um cancro no pâncreas que lhe foi diagnosticado em Fevereiro de 2008.

'Patrick Swayze deixou-nos hoje em paz, com a família ao seu lado, depois de enfrentar os desafios da sua doença nos últimos 20 meses', lê-se num comunicado divulgado à Imprensa assinado por Annett Wolf, porta-voz do actor.

Patrick iniciou um tratamento radical de quimioterapia, que passou por várias fases nos últimos meses, assim que foi descoberta a doença. Quando a notícia veio a público, alguns tablóides norte-americanos chegaram a dar conta de que Swayze teria apenas cerca de cinco semanas de vida, considerando o estado avançado do tumor, um cancro de natureza maligno e extremamente agressivo, mas os médicos desmentiram prontamente a informação, indicando que a situação era 'consideravelmente mais optimista'.

O próprio actor deu uma entrevista na qual se mostrou confiante numa possível recuperação, apesar de admitir estar assustado. 'Existe muito medo dentro de mim. Sim, estou assustado. Sim, estou com raiva. Sim, ando a questionar-me: porquê eu?', afimou em conversa com Barbara Walters, na ABC. 'Eu diria que cinco anos de vida é mais do que um desejo. Dois anos parece provável se acreditarmos em estatísticas. Mas quero durar até encontraram uma cura, o que significa que tenho que correr atrás disso com essa esperança', acrescentou.

Com a saúde bastante debilitada, que se foi degradando ao longo dos meses, Patrick continuou a trabalhar, recusando-se a tomar analgésicos, pois considerava que reduziam a intensidade da sua interpretação. Gravou os restantes episódios da primeira temporada da série 'The Beast', 13 no total, que conseguiram uma audiência de 1,3 milhões de espectadores nos Estados Unidos, embora a rede de televisão A&E tenha decidido não arriscar em avançar com uma segunda temporada. Foi o seu último trabalho. Ao mesmo tempo, Swayze escreveu as suas memórias com a ajuda da mulher, Lisa Niemi, com a qual estava casado desde 1975.

Natural do Texas, Patrick Swayze começou a carreira como dançarino e foi uma presença constante no teatro, televisão e cinema durante quase 40 anos. Em 1987, com o filme 'Dirty Dancing', o actor saltou para a primeira linha da popularidade em Hollywood, a que se seguiu, três anos depois, o célebre 'Ghost', ao lado de Demi Moore.

 

Recordemos uma vez mais Patrick Swayze em Dirty Dancing: 

 



publicado por Princezinha às 09:28
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009
António Feio despede-se da irmã

Helena Luísa Peres Feio, irmã do actor António Feio, foi ontem à tarde cremada no Cemitério de Rio de Mouro, perto de Sintra. Carlos, irmão mais velho do actor, confessa que está 'apreensivo em relação à saúde do Tony', que sofre do mesmo tipo de cancro (no pâncreas) que matou Nica, como era carinhosamente tratada. 
'O facto de a Nica se ter apagado não teve tanto impacto para mim, já estava à espera. Enquanto as pessoas andam aí, se mexem e fazem exames médicos, embora se tenha que esperar pelos resultados, há esperança e o Tony ainda antes de ontem fez uma ressonância magnética', adianta Carlos Feio acrescentando que o irmão (ontem) estava mais calmo e tranquilo' depois do embate da notícia da morte da irmã. 
 
O corpo de Nica esteve em câmara ardente na Igreja de Carcavelos e depois da missa de corpo presente, rezada a pedido do ex-marido António Raposo D'Alte, seguiu para o crematório. 'A minha irmã deve ter decidido ser cremada mas pouca gente sabia, eu, por exemplo não sabia, mas admito que tenha dito às filhas. A ideia da missa foi o ex-marido. Nós não somos religiosos', refere Carlos Feio. 
 
Helena Luísa recebeu o nome de Nica quando o pai a foi ver  à maternidade. ' O meu pai quando a viu pela primeira vez ela tinha um grande alfinete a segurar a fralda e ele começou por lhe chamar Renica Alfinete e depois Nica. Ela era tratada como uma princesa porque era a única menina. Agora é duro perdê-la. Mas ela já estava em coma, não dizia nada. Estas últimas três semanas foram terríveis”, salienta.
 
Na memória de Carlos vai sempre permanecer a imagem de Nica “em pequenina, ainda em Moçambique, com os seus vestidos com bibes engomados. Depois, daí para a frente sempre vivemos muito juntos. É difícil encontrar quatro irmãos que se dêem tão bem. O Tony e a Nica eram os mais novos e por isso os mais unidos', acrescenta . 
 
A prestar-lhe a última homenagem estavam  familiares e amigos mais chegados, que vieram de vários pontos do país.

 

 



publicado por Princezinha às 09:33
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009
Farrah Fawcett teve um romance secreto até morrer

A actriz Farrah Fawcett, que morreu aos 62 anos no passado dia 25 de Junho, o mesmo em que Michael Jackson, após ter travado uma batalha de três anos contra um cancro, pode ter levado para a cova um segredo amoroso muito bem guardado. Pelo menos até agora, momento em que o ex-jogador de futebol americano Greg Lott decidiu sair a público para afirmar que foi o primeiro e o último amor da vida da estrela da série 'Anjos de Charlie'.

De acordo com um tablóide britânico, o antigo atleta alega que teve um romance secreto e muito particular com Fawcett nos últimos 11 anos da vida dela. 'Estávamos cegos um pelo outro, loucos, apaixonados. Farrah foi a minha melhor amiga e minha grande inspiração', terá dito Greg ao periódico inglês, acrescentando que sempre sentiu o amor da antiga beldade loira. 'Apaixonámo-nos e nunca deixámos de nos amar. As nossas vidas levou-nos a caminhos muito diferentes, mas na etapa final da existência dela, senti que o seu coração estava sempre comigo, no Texas', contou Lott.

O alegado amante secreto da actriz terá revelado ainda que o marido dela, o controverso actor Ryan O'Neal, sabia do caso e foi o responsável pelo afastamento deles contra a vontade de Farrah.

De resto, o ex-atleta ainda se lembra bem do último dia em que conversou com Fawcett. 'Falei com ela pela última vez na tarde de 9 de Abril, dois meses e meio antes dela morrer. Ela estava prestes a ter alta de um hospital em Santa Monica., onde esteve internada durante algum tempo para fazer tratamentos de quimoterapia. E disse-me ao telefone: 'Volto amanhã para casa. Amo-te muito e vou ligar-te assim que chegar’'', terá descrito Greg Lott.

 



publicado por Princezinha às 10:23
link do post | comentar | favorito

Domingo, 30 de Agosto de 2009
DJ AM morre de overdose aos 36 anos

O ex-namorado de Nicole Richie, Adam Goldstein, mais conhecido como DJ AM, de 36 anos, foi encontrado morto nesta sexta-feira no seu apartamento em Manhattan, no centro de Nova Iorque, alegadamente vítima de overdose.

A notícia está a chocar várias celebridades, tanto mais que ironicamente o famoso DJ havia sido, ao lado de Travis Barker, o ex-baterista dos 'Blink-182', um dos dois únicos sobreviventes da queda de um Learjet 60 na Carolina do Sul em Setembro de 2008, acidente que matou quatro pessoas.

De acordo com informações da polícia, terá sido um amigo do do músico quem chamou as autoridades após ter batido insistentemente à porta da casa de DJ AM sem ter obtido resposta. Arrombada a porta, a polícia encontrou o corpo de Adam Goldstein já sem vida e ao lado um cachimbo de crack e outros utensílios para o consumo de drogas, pelo que uma overdose está a ser apontada como a hipótese mais provável para a causa da morte.

Goldstein, que foi casado com a modelo Shanna Moakler e namorou a socialite Nicole Richie e a cantora Mandy Moore, tinha agendado para a noite desta sexta-feira um espectáculo na dsscoteca Rain em Las Vegas.

Segundo fontes próximas de DJ AM, o disc jockey estaria deprimido após o fim do relacionamento com a modelo Hayley Wood (na foto) há cerca de uma semana. Recorde-se que Adam não consumia quaisquer tipo de drogas há já nove anos.

 



publicado por Princezinha às 10:01
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009
Edward Kennedy morre aos 77 anos

O senador americano Edward Kennedy morreu na noite desta terça-feira, aos 77 anos, vítima de um tumor no cérebro que lhe havia sido diagnosticado em Maio de 2008. Figura de relevo do Partido Democrata, Ted Kennedy era depositário de uma herança política considerável, depois dos seus dois irmãos mais velhos terem sido assassinados.

'Edward M. Kennedy - marido, pai, avô, irmão e tio que amamos tão profundamente - morreu na última hora desta terça-feira em casa, em Hyannis Port', informa a família Kennedy em comunicado distribuído à Imprensa. 'Perdemos o pilar principal e insubstituível e a luz sempre alegre da nossa família, mas a inspiração da sua fé, o seu optimismo e perseverança permanecerão vivos para sempre nos nossos corações', lê-se na nota.

O histórico senador democrata ainda chegou a ser submetido a uma intervenção cirúrgica, mas o cancro não pôde ser removido na totalidade devido à extensão das suas ramificações. Ainda assim, após a operação, que não lhe deu muitas esperanças de vida e com um estado de saúde visivelmente débil, Edward Kennedy fez questão de aparecer na Convenção dos Democratas em Denver, há um ano, quando foi anunciado o nome de Barack Obama como o candidato do partido à presidência dos Estados Unidos. Com um discurso cheio de emoções, Ted prometeu estar presente na tomada de posse de Obama, acreditando plenamente na sua eleição, e assim o fez.

A morte de Ted Kennedy encerra um capítulo importante de uma das mais emblemáticas dinastias políticas da história dos Estados Unidos. Irmão do presidente John F. Kennedy, assassinado em 1963, do senador Robert Kennedy, que faleceu baleado durante a sua campanha para a nomeação presidencial democrata em 1968, e de Joe Kennedy, um piloto que morreu em combate durante a II Grande Guerra, Edward chegou ainda a ser nomeado pelo partido para a corrida à Casa Branca em 1980, mas perdeu a favor do então presidente republicano Jimmy Carter. Ted não desistiu e dedicou a sua carreira política ao Senado americano, onde permaneceu durante 43 anos.

 

 

 



publicado por Princezinha às 10:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Junho de 2009
Encontrada esquartejada em arca frigorifica

O corpo de uma mulher desaparecida há mais de seis meses em Albergaria dos Doze, Pombal, foi encontrado terça-feira à noite, esquartejado e guardado dentro de uma arca frigorifica, na sua própria residência.

A descoberta macabra terá sido feita por militares da GNR de Pombal, que investigavam o desaparecimento da vítima, de 55 anos, e que alertaram depois os inspectores da Polícia Judiciária de Coimbra.

O filho, de 35 anos, com problemas de toxicodependência, foi detido pela PJ, como sendo o principal suspeito da morte da mãe.

Esta quarta-feira será presente ao juiz de instrução do Tribunal de Pombal para aplicação de medidas de coacção.

 



publicado por Princezinha às 09:53
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009
Camionista português preso em Inglaterra

O camionista português Paulo Jorge Nogueira da Silva foi condenado a três anos de prisão, em Inglaterra. O motorista, de 46 anos, foi considerado culpado de condução negligente, num acidente em Inglaterra, que resultou na  morte de seis pessoas.
O português poderá sair em liberdade condicional depois de cumprir 18 meses.

 

 

Artigo retirado do Jornal de Notícias



publicado por Princezinha às 15:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito


Cusquices na net
Cusquices recentes

Seringa usada na morte de...

Patrick Swayze morre aos ...

António Feio despede-se d...

Farrah Fawcett teve um ro...

DJ AM morre de overdose a...

Edward Kennedy morre aos ...

Encontrada esquartejada e...

Camionista português pres...

Dá sempre jeito...
Cusquices antigas

Maio 2015

Julho 2013

Junho 2013

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Por onde ando
pesquisar
 
tags

todas as tags