Quarta-feira, 17 de Março de 2010
Sarkozy e Bruni andam a trair-se mutuamente

Carla Bruni, a primeira-dama de França, estará a ter um caso extraconjugal com o cantor francês Benjamin Biolay, de 37 anos, enquanto o presidente Nicolas Sarkozy andará a dormir com a Secretária de Estado da Ecologia e campeã de karaté Chantal Jouanno, de 40. Uma verdadeira ‘bomba’, com todos os ingredientes para fazer abalar o Palácio de Eliseu, que por enquanto ainda não emitiu qualquer declaração sobre o assunto.

Os primeiros rumores quanto à suposta dupla infidelidade presidencial surgiram recentemente na rede social Twitter, mas já começaram a ganhar destaque em alguns tablóides franceses, que dão conta inclusive de que a beldade italiana de 42 anos estará mesmo apaixonada por Benjamin Biolay e que, tanto como o outro, nem sequer fazem questão de esconder as suas paixões extraconjugais.

Quanto ao chefe de Estado, a Imprensa está a ser mais cautelosa, mas a notícia do alegado affair de Sarkozy, de 55 anos, não deixa de ser um caso sério para a imagem do presidente, que já fez correr muita tinta ao divorciar-se de Cecilia Ciganer-Albéniz, que terá traído com... Carla Bruni. É que, em boa verdade, os franceses nunca ficaram muito convencidos com a história do divórcio de Nicolas em pleno exercício de funções para casar poucos meses depois com ex-modelo italiana.

Sarzoy e Bruni conheceram-se em Novembro de 2007, ainda o presidente era casado, e oficializou a união com a cantora em tempo recorde, a 2 de Fevereiro do ano seguinte, apenas três meses depois de formalizar a separação de Cecilia Ciganer-Albéniz. Um casamento de 12 anos que acabou precisamente após vários meses de rumores públicos sobre... as infidelidades tanto de um como de outro. Ambos iam já no segundo matrimónio. Mais um sério revés para a direita francesa que decerto vai conhecer novos desenvolvimentos.

 



publicado por Princezinha às 23:23
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009
Carla Bruni entregou-se "de corpo e alma" à psicanálise

A primeira-dama de França revelou num documentário, que será transmitido no próximo mês, que faz psicanálise há vários anos. A ex-cantora e modelo nascida em Itália há 42 anos explicou perante as câmaras que não conhecia o universo desta terapia e que nunca pensou que algum dia precisasse de recorrer a um especialista.

Contudo, com a morte do pai, tinha ela 28 anos de idade, a mulher do presidente francês Nicolas Sarkozy sofreu aquilo que qualifica como 'uma fractura'. 'A partir daí, entrei na psicanálise de corpo e alma', contou Carla Bruni, que descreve a sua primeira sessão como 'incandescente'.

No documentário de 52 minutos, dirigido pelo psicanalista Gérard Miller, a primeira-dama afirma que não gosta de ficar deitada no divã, que corresponde à imagem clássica das sessões de psicanálise, preferindo permanecer frente a frente com o psicanalista, pois é algo que a ajuda a falar com maior facilidade.

Além de Carla Bruni, o documentário reúne testemunhos de outras personalidades que também fazem a mesma terapia, como o estilista Karl Lagerfeld e a escritora Marie Darrieussecq. O filme será exibido no dia 7 de Novembro no canal France 3.

 

 



publicado por Princezinha às 10:15
link do post | comentar | favorito

Cusquices recentes

Sarkozy e Bruni andam a t...

Carla Bruni entregou-se "...

Cusquices antigas

Maio 2015

Julho 2013

Junho 2013

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Por onde ando
pesquisar
 
tags

todas as tags