Terça-feira, 25 de Agosto de 2009
Jackson terá usado engenharia genética com os filhos

Michael Jackson terá sido uma espécie de 'Dr. Frankenstein' ao alegadamente tentar criar uma família de crianças perfeitas através de manipulação genética. A história faz manchete num tablóide britânico que dá conta de que o 'Rei da Pop' terá sido ajudado pelo dermatologista Arnie Klein no processo de engenharia genética dos filhos.

De acordo com a publicação, o músico terá escolhido a dedo entre os seus amigos potenciais doadores de esperma e óvulos que poderiam resultar em bebés perfeitos, o que volta a sugerir que o cantor não é o pai verdadeiro de Prince Michael, de 12 anos, Paris, de 11, e até mesmo de Blanket, de 7. O jornal escreve que Jackson mantinha arquivos com os tipos de crianças ideais e que, após a sua morte, terão sido encontrados no seu quarto diversos livros sobre manipulação genética, incluindo obras sobre as experiências nazis em busca de uma 'raça superior'.

Recorde-se que permanece no ar a suspeita de que o cantor sofria de infertilidade devido ao abuso de drogas e que terá implorado a vários amigos que lhe doassem esperma para as suas experiências genéticas. Segundo uma fonte citada pelo tablóide, Michael desejava que cada criança pudesse ter as melhores capacidades de todas as formas e áreas possíveis. Quanto à identidade dos doadores de esperma, continua a ser um segredo muito bem guardado.

'Jackson decidiu guardar todos os nomes num cofre', contou a mesma fonte, cujo paradeiro permanece desconhecido mas que poderá relevar exactamente os nomes dos pais biológicos de cada um dos três filhos do músico. De acordo com o relato da fonte da publicação, a enfermeira Debbie Rowe foi fertilizada com embriões manipulados a pedido do cantor nas duas vezes em que engravidou.

 



publicado por Princezinha às 09:40
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009
Médico de Jackson deve ser acusado de homicídio

Conrad Murray, o médico particular de Michael Jackson, deve ser acusado de homicídio qualificado e detido na próxima semana. A notícia está a ser veiculada pela Imprensa norte-americana que dá conta de que Murray terá admitido finalmente ter sido ele quem injectou Propofol no cantor, o fármaco que poderá ter sido a causa da sua morte no passado dia 25 de Junho.

Por outro lado, Arnold Klein, o antigo dermatologista do 'rei do pop', deve ser igualmente pronunciado sob a acusação de negligência médica.

Para já, são informações baseadas em fontes policiais, uma vez que Jane Robison, porta-voz do Ministério Público, não confirma as alegadas intenções das autoridades policiais. "Enquanto a investigação não for dada como concluída, não é possível saber se alguém ou quem pode vir a ser acusado judicialmente", declarou.

Recorde-se que os resultados dos testes toxicológicos feitos ao corpo do músico, aquando da autópsia, estarão já na posse dos investigadores policiais mas continuam a não ser divulgados.



publicado por Princezinha às 09:40
link do post | comentar | favorito

Cusquices recentes

Jackson terá usado engenh...

Médico de Jackson deve se...

Cusquices antigas

Maio 2015

Julho 2013

Junho 2013

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Por onde ando
pesquisar
 
tags

todas as tags